Dicas para liberar espaço em sua memória

Com o tempo de uso do aparelho celular vamos ocupando sua memória e logo nós vemos impossibilitados de baixar novos aplicativos, atualizar outros e às vezes, até mesmo novas fotos não são possíveis de ser tiradas. Para resolver esse probleminha chato, vamos dar algumas dicas de como liberar espaço.

1 DICA

Há tantos aplicativos atrativos e disponíveis para serem baixados que a tentação fica grande, mas nem sempre continuamos usando-o, então uma boa forma de ter mais espaço no aparelho é desinstalar os aplicativos que não usamos mais e desativar os que já vêm nas configurações de fabrica do seu aparelho. Para isso, vá a “Configurações” -> “Aplicativos” (imagem 1) -> “Gerenciador de aplicações” (imagem 2) e clique nos aplicativos que você não utiliza, ele abrira uma tela como na imagem 3, agora é só desinstalar. Caso seja um aplicativo de fábrica irá aparecer à opção “Desativar” e é só clicar nela, isso já ira diminuir o espaço que este ocupa.

2 DICA

Alguns aplicativos ao serem utilizados, usam o armazenamento em cache (temporário) para agilizar algumas rotinas de processamento, armazenando alguns arquivos com as rotinas mais executadas pelo usuário na memória, assim como fotos, vídeos, músicas…, o que acaba ocupando ainda mais a memória do seu celular. Essa dica pode liberar alguns megas, mas devemos ter cuidado com o que apagar, pois podemos perder fotos e vídeos do Whatsapp, músicas baixadas do Spotifly ou séries off-line do Netflix. Portanto os aplicativos que recomendamos ter o cache limpo são: Twitter, Facebook, Instagram, Google Drive (se você não salvar documentos), Snapchat, Timehop, YouTube.

Para isso vamos seguir os primeiros 3 passos da dica anterior, então vá em “Configurações” -> “Aplicativos” -> “Gerenciador de aplicativos” e clique em um dos aplicativos citados acima que podem ter o cache limpo -> “Armazenamento” (imagem 4) -> “Limpar cache” (imagem 5). O aparelho ainda apresenta a opção “Limpar dados”, mas não a recomendamos, pois o aplicativo volta à forma como ele foi instalado.

3 DICA

O cartão micro SD é uma memória externa que acoplada ao celular te libera ainda mais espaço para armazenamento, podemos passar todas as mídias para o cartão, como fotos, vídeos, músicas, gifs, liberando a memória interna e ainda assim continuamos com todos nossos arquivos. Para isso vá em “Galeria” -> escolha uma pasta e selecione as mídias que deseja “mover para o álbum” (imagem 6) -> selecione a pasta que salve os arquivos no cartão de memória (imagem 7).

4 DICA

Com o tempo vamos acumulando fotos, vídeos, gifs, documentos e com isso a memória interna do aparelho fica sobrecarregado, ocupando mais espaço do que deveria, para resolver este problema é necessário apagar todos os arquivos inúteis, mas nem sempre é uma tarefa fácil, afinal procurar onde está cada arquivo dá um trabalhinho. Existem alguns aplicativos que podem nos ajudar e um deles é o ES File Explorer, que pode ser baixado na Play Store. Com ele você tem uma visão panorâmica de como estão as coisas no armazenamento interno do seu Android e no cartão microSD, se tiver um. O aplicativo é bem prático e seu layout não apresenta grandes dificuldades, logo ao abrir o aplicativo você percebera isso, como a imagem 8 mostra. O destaque em vermelho mostra o quanto da memória interna do seu aparelho está em uso e o preto do microSD. Clique na pasta referente ao armazenamento interno e ela lhe mostrara todas as pastas que existem no seu celular (imagem 9) -> vá nas pastas e veja o que cada uma delas tem de inútil, eu sei, ainda vai dar um trabalhinho, mas vale a pena! -> selecione o que você não deseja mais em seu aparelho e aperte na lixeira que se encontra na parte inferior do app (imagem 11).

Além desta função, ele ti da um panorama de app obsoletos, anúncios de lixo… (imagem 12).

5 DICA

Uma opção bem interessante é usar a internet como meio de liberar mais espaço, passando suas fotos e vídeos para aplicativos que a guardam, como o Onedrive, um serviço de armazenamento na nuvem da Microsoft que oferece a opção de guardar até 7 GB de arquivos grátis. Portanto, o usuário pode salvar e acessar seus documentos, fotos, músicas e vídeos a qualquer hora e em qualquer lugar com conexão à Internet. Para que o aplicativo realize o armazenamento dos seus arquivos automaticamente, basta conectá-lo à sua conta da Microsoft e ativar a função.

Para ativar a função de backup você deve abrir o aplicativo -> ir nas 3 barras na parte superior esquerda (imagem 13) -> “Configurações (imagem 14) -> “Carregamentos (imagem 15) -> ativar o backup (imagem 16).

Anúncios

Backup Contatos

Hoje em dia, temos em nosso celular, uma quantidade imensa de contatos e informações que são de extrema importância e que não desejamos perder. Agora, caso acontece algo com seu celular, ou você precise troca-lo, você tem essa informação guardada ou sabe transferi-la para o novo aparelho? Imprevistos podem acontecer e você deve estar prevenido.

Preparamos um passo a passo com algumas opções para que você possa guardar essas informações e recupera-las quando preciso.

Exportar seus contatos (Somente Android):

A opção mais simples é exportar seus contatos para o cartão de memoria ou para a memoria do próprio aparelho. Trata-se de uma operação bem simples e muito útil quando se deseja transferir sua lista de contatos de um aparelho para o outro, sem necessidade de uma conexão com a internet.

ExportarContatos1

ExportarContatos2

Posteriormente para importar seus contatos é bem simples, basta seguir os mesmos passos, só que invés de selecionar Exportar, basta selecionar a opção de Importar.

O problema desse método é que você recorrentemente precisa realizar a exportação dos dados, para mantê-los atualizados. Caso o cartão de memoria ou o aparelho seja perdido, esse backup irá junto.

Via conta do celular:

Para baixar aplicativos em seu celular, é necessário criar uma conta, correto? Você sabia que nela ficam vinculadas muitas informações, que agilizam na hora de trocar de celular, ou quando perdemos ou quebramos nosso dispositivo e precisamos recuperar tais informações.

Para muitos, essa informação não é nada nova e já está disponível ha algumas gerações nos sistemas operacionais dos nossos smartphones. A quantidade de clientes que desconhecem tal recurso é muito grande, e por isso, criam essa conta sem dar grande importância e quando é necessário utilizar, não lembram da senha ou do e-mail utilizado

Todo processo de backup é automático e fácil de ser realizado, basta verificar se a opção esta ativa e em qual conta está sendo feito.

IOs:
É bem simples. Basta acessar “Ajustes” e seguir os passos abaixo.

ios1

Android:

Acesse as configurações de seu aparelho e siga o passos:

Untitled-3

O importante é que na conta desejada esteja selecionada a opção de sincronizar contatos, conforme imagem.

Untitled-23

Gravar os contatos no Sim Card

Outra opção é gravar todos os contato no Sim Card. A operação é simples de ser feita, mas tem suas desvantagens. O sim card tem capacidade para 250 contatos, além disso, só é possível gravar um número por contato, ou seja, caso você tenha descrito no contato diversas informações, como endereço, e-mail, diversos telefones entre outros, tudo será perdido.

O processo é muito parecido com a exportação para o Cartão de Memoria, a diferença que ao invés de selecionar o destino como memoria, você deve selecionar a opção do sim card.

Untitled-3

*O tutorial foi realizado em um aparelho Samsung  J700, podendo haver pequenas variações de aparelho para aparelho.
*O tutorial foi realizado em um Iphone com IOs 10.3.2, podendo haver pequenas diferenças dependendo da sua versão.

Você sabe rastrear seu Aparelho?

Como localizar seu aparelho Android ou IOs

É recorrente clientes irem a uma de nossas unidades com relatos de furto, roubo ou perda de aparelhos. Muito provável que você tenha passado por isso ou conheça alguém que já passou e por diversos motivos, nunca tentaram rastrear o aparelho, mesmo ele tendo essa função.

A função de rastreio não é tão nova assim e contribuem muito para encontrar o seu tão querido amigo. Pensando nisso, preparamos um tutorial de como você pode usar este tipo de função e encontrar seu aparelho.

É interessante que você faça um teste primeiro de localização para saber o que fazer quando realmente precisar.

IOs:

Antes de tudo, precisar ativar a função em seu aparelho. É bem simples, basta seguir os passos abaixo:

  • Acesse AjustesTelaBuscarIphone
  • Icloud.
  • Buscar Iphone.
  • Ative as opções “Buscar Iphone” e “Enviar Ultima Localização“.

Agora seu aparelho já está apto a ser localizado através do site da apple ou de outro dispositivo com IOs.

Agora, iremos executar os passos para localizar seu aparelho.

1

  • Após inserir os dados corretamente, será exibido no mapa um ícone que indica a localização do seu aparelho. Caso este ícone esteja na cor cinza, significa que ele está off-line e a localização provavelmente não será a real (Se o dispositivo estiver on-line recentemente, você também verá o horário em que foi localizado pela última vez. Se o dispositivo estiver off-line por mais de 24 horas, você verá “Off-line”). Caso o ícone esteja verde, significa que ele está on-line e que ele se encontra próximo ao endereço exibido (Se o dispositivo puder ser localizado, você também verá o horário em que ele foi localizado pela última vez.)

2.jpg

(Ícone verde significa que o aparelho está on-line neste momento)

Caso seu aparelho esteja ativo, é possível executar alguns comandos:

  • Reproduzir Som: O dispositivo irá emitir um som, com isso, sendo mais fácil encontra-lo.
  • Modo Perdido: Será exibida na tela do aparelho a informação que ele foi perdido e que a pessoa deve entrar em contato com um número que você definir.
  • Apagar Iphone: Ao executar essa função, seu aparelho será apagado, assim impedindo que outras pessoas tenham acesso as informações presentes no aparelho.

Untitled-3

(Comandos que podem utilizados através do site de rastreamento)

Quando seu aparelho está inativo, você pode executar as mesmas funções, além da opção de “Notificar-me ao encontrar”, que como o próprio nome já diz, irá te avisar quando o aparelho que você está procurando estiver ativo. Lembrando que no estado inativo, ele só irá executar os comandos quando o dispositivo estiver ligado e conexão com a internet.

Android:

No caso dos aparelhos que utilizem android, ativar esta função é um pouco mais fácil.

  • Vá a configuração
  • Segurança
  • Administrador do Dispositivo e ative a opção que lá se encontra.

Untitled-4

(Passo a passo para ativar a função)

Após fazer isso, acesse o site http://www.android.com/devicemanager e entre com a mesma conta vinculado a seu aparelho.

Após fazer isso click em aceitar

Localização 1

Caso você não consiga recuperar o seu dispositivo, fazendo este passo a passo é possível apagar os dados contidos no aparelho, bloquear ou fazer uma ligação tudo isso pela própria página do Android Device Maneger. Lembrando que a ação só será executada quando o dispositivo estiver com conexão com a internet.

Espero que este tutorial  possa otimizar a procura por seu aparelho. Hoje em dia confiamos muitas coisas do dia a dia, confidencias, fotos e videos pessoais a este amigo tecnológico e descobrir maneiras que contribuam para proteção da nossa privacidade são sempre bem-vinda

Você sabe qual carregador comprar?

Você sabe qual carregador comprar quando o seu se quebra ou quando simplesmente você precisa de um novo?

Vamos te ajudar nessa escolha, que pode parecer tão simples, mas que pode te atrapalhar no dia dia.

Uma dúvida recorrente em nossas lojas é em relação ao carregador. Muitos clientes não sabem a diferença entre eles ou se quer que existe uma. Pensando nisso, fizemos um pequeno texto para que você não fique com dúvida e acerte na compra do melhor produto para seu celular.

A principal diferença:
A grande diferença entre o carregador está em sua corrente. Para facilitar o entendimento, iremos utilizar a palavra “amperagem”. Quanto maior, mais “potente” será.
Hoje em dia, a amperagem mais comum nos carregadores é de 2.0A (2000mAh).
Essa informação vem especificada no produto, normalmente marcado nas laterais.

carregador

(Especificações contidas no carregador)

Com o passar do tempo, os aparelhos foram ficando mais modernos e com muitos recursos, o que exigiu a criação de baterias mais potentes para manter todas essas funções ativas por um tempo maior. Consequentemente exigiu a criação de carregadores mais potentes e com capacidade de carregamento mais rápida.

E qual o problema que isso pode gerar?
O grande problema é utilizar um carregador com amperagem inferior a recomendada, pois o seu celular irá pedir mais energia (corrente) do que carregador consegue enviar, causando sobrecarga no componente.
Na situação inversa, não há com que se preocupar, pois o celular irá fazer a tarefa de consumir a energia na quantidade apropriada. A desvantagem neste caso será o dinheiro investido na compra, pois esses carregadores de maior amperagem custam mais caro.

E os carregadores rápidos (Quick Charger)?
Bom, esse seria um assunto para um próximo “textão”, mas iremos resumir brevemente. Existem no mercado, carregadores com a função carregamento rápidos, nomeados de Fast Charger (Samsung) ou Turbo Charger (Motorola), que como o próprio nome já diz, realiza o carregamento bem mais rápido do que o habitual, podendo carregar 8h de bateria, em 15 minutos (conforme afirmação do fabricante).
Mas fique atento, pois para que o carregamento rápido ocorra é necessário que o aparelho tenha essa tecnologia em seu hardware.

Lista de alguns aparelhos compatíveis com a tecnologia Quick Charger:

  • Motorola Moto X2
  • Motorola Moto Maxx
  • Motorola Moto X Force
  • Motorola Moto X-Play
  • Motorola Moto G3 Turbo
  • Motorola Moto G4
  • Motorola Moto G4 Plus
  • Lg G4
  • Lg G3
  • Samsung S6
  • Samsung S6 Edge
  • Samsung S7
  • Samsung S7 Edge
  • Samsung Note Edge
  • Samung Note 5

s_401211-mlb20487450190_112015-o

(Turbo da Motorola)

E o cabo, não influencia em nada?
Sim, o cabo é um item importante neste processo, pois ele é o responsável por “transportar” a energia do carregador até o aparelho. Com isso, ele deve ser capaz de suportar a corrente enviada pelo carregador. Cabos de baixa qualidade, muitas vezes não suportam a quantidade de energia, e passam a influenciar na velocidade da carga ou na velocidade de transmissão de informação, como por exemplo, quando conectamos o aparelho no computador, para “passarmos” uma foto ou música entre os dispositivos. Isso se deve, porque durante o processo de fabricação, as empresas utilizam materiais de baixa qualidade ou diminuem a quantidade cobre utilizado, por exemplo, resultando em cabos de qualidade inferior.

Como identificar se meu carregador é o correto?
A maneira mais simples é verificar as especificações descritas no seu produto original e comprar um novo com as mesmas especificações. Na dúvida, compre um carregador de 2.0A, pois ele é o indicado para a grande maioria dos aparelhos mais recentes.
Verifique também se o carregador ou o cabo estão esquentando de maneira anormal durante o carregamento. Isso é um forte indicio de que o carregador não é o apropriado para o seu aparelho, ou que ele está apresentando defeito. Lembrando que é normal que o carregador esquente durante o carregando, principalmente se utilizamos o celular ao mesmo tempo em que o carregamos.
Outra maneira é utilizar aplicativos que demonstram a quantidade de energia recebida pelo seu aparelho. Os números ali indicados devem ser próximos aos especificados no carregador.

Conclusão:
O mais importante na hora da compra é buscar produtos de boa qualidade, que se encarregam de entregar as especiações descritas. Carregadores muito baratos ou “replicas” normalmente acabam saindo mais caro depois. Além disso, sempre questione o atendente, que provavelmente irá te ajudar nesta escolha.
Outra dica muito importante é: não tente “remendar” o cabo nem o carregador para prolongar a sua vida. Já tivemos casos em nossas unidades, onde devido a estes “remendos” o cliente teve um gasto maior do que a compra de um simples carregador, ou até mesmo a perda total do aparelho, devido a um curto.

Espero que tenham gostado e fiquem atentos a novas publicações.